Com o cacau, adeus ao colesterol e às adiposidades

0

O cacau tem propriedades benéficas que o tornam útil para  limpar o corpo do mau colesterol e ajudar a perder peso: eis como.

Difundido no estado selvagem nas florestas da Amazônia, a planta do cacau (theobroma cação) é cultivada hoje em dia, sobretudo, na América centro-meridional e na África tropical. De suas sementes se obtém o pó de cau, utilizado para criar o chocolate e muitíssimos outros doces. Os antigos popovos toltecas e incas da América do Sul e América Central conheciam o cacau e faziam uso dele; os primeiros a empreender o cultivo com sucesso foram, porém, os maias, que das plantações do Yucatan (no México) desenvolveram um florescente comércio e, além disso, utilizaram as sementes como moeda nas trocas entre as tribos indígenas. A Europa o descobriu em 1502, quando Cristóvão Colombo trouxe para a Espanha as primeiras sementes.

Cacau

Cacau: um remédio natural contra as gorduras “más”

Um estudo publicado pelo British Journal of Nutrition indica o chocolate amargo como fonte preciosa de polifenóis, mais rico nestas substâncias se comparado ao vinho e ao chá verde ou preto. Neste estudo são avaliados os efeitos do consumo de 20 g de chocolate amargo (contendo 500 ou 1.000 mg de polifenóis) por duas semanas, sobre a glicemia, sobre a colesterolemia e sobre a pressão arterial em 40 pessoas com  sobrepeso ou obesas. O consumo de chocolate contendo 500 mg de polifenóis produziu uma redução significativa, tanto da glicemia em desjejum quanto da pressão arterial. A administração de 1.000 mg de polifenóis ao dia não mostrou efeitos diferentes com base nos mesmos parâmetros. O estudo confirma, portanto, os benefícios do consumo regular de doses moderadas de chocolate amargo sobre o metabolismo da glicose (prevenindo diabetes e sobrepeso) e no controlo da pressão arterial.

Receitas para a saúde, à base de cacau

Para reduzir o sobrepeso, a hipertensão, a hipercolesterolemia: consumir 20 gramas ao dia de chocolate amargo de ótima qualidade, melhor se com 70%, por duas semanas consecutivas. Repetir 4 a 6 vezes por ano. Naturalmente deve-se adotar uma dieta sadia e equilibrada, pobre de sódio.

Ação anti-idade: adicionar 2 colherinhas de cacau amargo solúvel no leite (de vaca, de cabra, de arroz, de amêndoas ou de soja) pela manhã, também por longos períodos. Pode ser adicionado também ao café.

Tudo o que você deve saber sobre o cacau

Kcal/100 g 306
Gorduras 15,9 g
Proteínas 20,4 g
Glicídios 15,6 g
Fibras 28,9 g
Colesterol 0
Vitaminas:tiamina (vitamina B1) 0,08 mg
riboflavina (vitamina B2) 0,30 mg
niacina (vitamina B3) 1,70 mg
ácido fólico (vitamina B9) 38,00 mcg
vitamina A 7 mcg
vitamina C 0 mcg
Sais minerais:sódio 950 mg
potássio 1.500 mg
ferro 14,3 mg
cálcio 51 mg
fósforo 685 mg
zinco 6,9 mg

Por que faz bem?

É um ótimo estimulante do metabolismo e possui certo efeito vasodilatador e diurético. Um pouco de cacau pode ser acrescentado ao leite depois do terceiro ano de vida.

O cacau na cozinha

Cozido e cru: o cacau aromatiza um grande número de alimentos, em primeiro lugar entre todos os doces, como bolos, tortas, biscoitos, sorvetes, mousses e balas; serve, por outro lado, para dar sabor ao leite e dele se produzem ótimos digestivos e licores. Em alguns países, como o México e a Espanha, é usado também para a preparação de pratos salgados, sendo utilizado para molhos para servir com frango, peru e coelho, mas também frutos do mar.

Pó, sementes e manteiga de cacau

O cacau em pó adquire-se em produções que podem conter cacau amargo ou doce. Existem diversos tipos dele: o crioulo é a variedade mais antiga, ótima, muito aromática e de sabor delicado e pouco amargo. O forasteiro tem, ao contrário, um sabor persistente, marcado, tendendo ligeiramente ao ácido. O cru é o cacau mais apreciado, por isso é produzido um chocolate finíssimo que, à semelhança do que acontece com alguns tipos de vinho de prestígio, é até numerado.

As favas de cacau tostadas são usadas como “mata-fome”, graças a seu baixo teor calórico (100 Kcal / 100 g) e por sua riqueza de minerais e vitaminas. Hoje, as favas de cacau tostadas são empregadas também na cozinha, em combinação com alguns pratos deliciosos.

Das sementes do cacau se extrai uma gordura conhecida como manteiga de cacau, que se presta a diversas utilizações: além de ser um ingrediente do chocolate, é também uma matéria-prima empregada na indústria cosmética.

Como consumir e onde comprar

Existem dezenas de produtos que incluem cacau em sua composição, desde chocolates, achocolatados, granolas, cookies, barras de cereais, etc. Porém, o ideal para receber os benefícios do cacau é consumir o pó de cacau puro, por não conter outras substâncias prejudiciais como o açúcar e conter o máximo das substâncias boas do cacau. Outra opção boa é o chocolate 70% cacau ou mais, quanto mais, melhor.

Caso escolha comprar online, recomendo dar uma olhada na loja da Natue, eles vendem diversas marcas de cacau em pó e chocolates saudáveis com um preço bom. Clique aqui para olhar a sessão de cacau.

Deixe uma resposta