Spirulina Havaiana Emagrece? Propriedades, efeitos e como tomar.

0

spirulina havaianaA Spirulina (também chamada Espirulina) não é exatamente uma novidade, mas o surgimento de sua mais nova variação, a Spirulina havaiana, colocou-a novamente em evidência. De tempos em tempos, surgem milagrosas “cápsulas emagrecedoras” que em pouco tempo tornam-se febre entre aqueles que desejam perder peso.

Embora divulgada como um tipo de alga, a Spirulina é uma bactéria de nome cianobactéria. As espécies normalmente vendidas em cápsulas são a Arthrospiramaxima e Arthrospiraplatensis.

A Spirulina havaiana é cultivada em Kona, no Havaí. Seus produtores afirmam que sua exposição à forte luz do sol equatorial torna-a mais rica em nutrientes devido a seu particular processo de fotossíntese. Sua espécie é a Spirulinaplatensis, patenteada sob o nome de Spirulina Pacifíca. Outro fator que a distingue da spirulina comum é que o cultivo nessa região do Havaí torna-a livre de metais pesados como o mercúrio e o chumbo, normalmente absorvidos pela espécie durante o seu crescimento em águas contaminadas.

A Spirulina é considerada um super alimento. De acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland, o consumo de Spirulina pode suprir as quantidades necessárias de minerais e de vitaminas essenciais. Segundo os seus defensores, a Spirulina reforça a saúde cardiovascular, ocular,cerebral e também fortalece o sistema imunológico, pois um dos seus principais nutrientes é a proteína (cerca de 60% de sua composição), importante na construção e no reparo de tecidos.

Fabricantes de suplementos de Spirulina frequentemente vendem o produto como auxiliar nas dietas de emagrecimento, devido a sua composição rica em fibras que age como redutor de apetite ao provocar saciedade. Entretanto, um estudo do tipo “double-blind” , no qual parte dos pesquisados utilizaram o suplemento  e outros receberam apenas um placebo, revelou-se incapaz de comprovar uma diferença significante nos resultados observados entre o tratamento realizado com Spirulina ou placebo. “A spirulina se tornou o produto do momento”, diz o médico endocrinologista Henrique Suplicy, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem).”A spirulina existe há anos, e, como inúmeros outros fitoterápicos que são ditos emagrecedores, não há nada provado sobre sua eficácia”, diz Henrique Suplicy. Para ele, um estudo válido para esse caso teria que ser realizado de forma bastante rigorosa.

Para o nutrólogo Celso Cukier, do Hospital Albert Einstein, “a Spirulina pode ser consumida em pequenas doses, sem que haja algum malefício, mas ela também não tem benefícios comprovados.” Celso desaconselha o uso em quantidades elevadas, pelo desconhecimento das consequências em longo prazo.

Para facilitar o consumo, a indústria disponibiliza a Spirulina de diversas formas, inclusive em cápsulas como a maioria das vitaminas e suplementos. Outras versões são os flocos que podem ser adicionados aos alimentos e o pó que pode ser facilmente adicionado a sucos e demais bebidas.

 

Como tomar a Spirulina Havaiana

 

O consumo de Spirulina Havaiana em cápsulas deve obedecer à orientação fornecida pelo fabricante que, normalmente é de quatro cápsulas por dia. Os que desejam perder peso consomem em geral 500 miligramas por dia, pelo menos quinze minutos antes das principais refeições para melhor usufruir dos seus benefícios. A ideia é que o suplemento atue suprimindo o apetite e tornando mais fácil controlar a quantidade de alimento a ser ingerido.Ainda, para favorecer a atuação das fibras é melhor que seu consumo seja acompanhado da ingestão de líquidos.

É sempre interessante buscar orientação médica de como tomar a Spirulina antes de adotá-la na dieta, especialmente tratando-se de gestantes e mulheres em período de amamentação e de menores de dezoito anos, devido à falta de conhecimento de seus efeitos colaterais e de sua ação quando interagindo com outros medicamentos.

O efeito de saciedade associado à Spirulina Havaiana deve-se ao fato de que, após ingerida, ela absorve água, aumentando de volume e, portanto, ocupando um espaço maior no estômago. Porém, para que esse efeito ocorra é necessário o consumo de uma quantidade significativa de spirulina. Além disso, essa propriedade não é exclusividade apenas da Spirulina. “Os alimentos ricos em fibras têm este efeito de absorver água e ‘inchar’ no estômago. Existem algumas substâncias como o goma-guar e glucomanan (duas fibras alimentares) que também são empregadas com este fim”, afirma Henrique Suplicy

Segundo informações da Anvisa, a Spirulina Havaiana não está registrada na categoria de “alimentos com alegação de propriedade funcional”. Assim, ela não pode ser vendida com a indicação de substância emagrecedora.

Concluindo, não existem pesquisas conclusivas de que o uso de Spirulina seja efetivo na redução da obesidade. De fato,não está suficientemente claro se é esse suplemento ou a adoção de um novo estilo de vida que normalmente acompanha o seu uso, como dieta de baixa caloria e a prática de exercícios físicos, o responsável pelos resultados obtidos.

 

ONDE COMPRAR

Não é fácil encontrar em mercados. Uma das melhores maneiras de comprar Spirulina é pela internet.

Uma loja virtual de confiança que recomendo é a loja virtual Natue. Clique aqui para ir para a parte de suplementos, eles tem várias marcas com preços competitivos. Já comprei e recomendo.

 

fontes: veja.abril.com.br, clicrbs.com.br, med.nyu.edu, umm.edu

 

LEIA TAMBÉM:

DIETA DO LEITE – CARDÁPIO E PORQUE NÃO FUNCIONA

LGLUTAMINA – TOMO TOMAR GLUTAMINA E BENEFÍCIOS DO SUPLEMENTO

 

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta